• Slide
Diário de Filmagens

Diário de Filmagem – 17/12/15 – 23h15

O início da segunda semana de filmagem previa uma diária pesada: duas entrevistas e uma cena do epílogo. Eu tinha ido dormir pela uma e meia da manhã, devido ao show do David Gilmour na Arena, e poucas horas de sono não são uma boa receita para enfrentar trabalho duro. Mas havia um atenuante: tanto a Carla Cassapo quanto o Artur Pinto, os atores escalados para hoje, estavam muito bem ensaiados. Além disso, eles são experientes e talentosos. Então, era só deixar o barco seguir em frente. Tomei duas cápsulas de Brahmi, um energético natural em cápsulas que funciona muito bem comigo, e deixei o cansaço de lado.

Começamos com a Carla, com quem trabalhei em “3 Efes” e “Menos que nada”. A Carla, em BIO, interpreta uma dona de casa bem católica e conservadora, que segue as indicações da Igreja Católica sobre contracepção em 1958. Camisinha é pecado. Esse dogma terá consequências importantes em sua vida e na trajetória de sua família. Depois fizemos a entrevista com o Artur, que vive o marido. Embora não seja tão religioso, está condicionado pelas ideais da esposa. O Artur tem uma voz poderosa e uma presença sempre forte na frente da câmera. Tanto o Carla quanto o Artur fizeram boas improvisações. Quem trabalha bastante com teatro, como é o caso dos dois, tem facilidade pra abandonar o texto e experimentar diálogos que surgem de forma espontânea.

Faltava apenas o grande final: uma cena de sexo entre os dois. O Bernardo Zortea, nosso diretor de arte, e o Bruno Polidoro, o fotógrafo de BIO, prepararam um ambiente especial, em tons de azul, com luz suave. Toda cena de sexo é uma coreografia, com movimentos ensaiados e previamente estudados. Se tudo está bem combinado, não há constrangimento algum. A Carla e o Artur brincaram com o desafio e se saíram muito bem. Nunca tive problemas para fazer esse tipo de cena. Com equipe profissional e elenco seguro, é só seguir a coreografia. BIO é um filme sobre a vida, e uma boa parte das formas de vida em nosso planeta usam o sexo para se reproduzir. Portanto, o sexo é um dos elementos de BIO, mesmo que seja mais narrado que mostrado.

Amanhã deixamos 1958 para trás e vamos para 2070. E até o planeta Terra pode ficar longe. Amanhã vamos para Encélado.

Foto 18

Comentários: