• Slide
Diário de Filmagens

Diário de Filmagem – 11/12/15 – 20h40

Dia de filmar com a “prata da casa”. Um ator consagrado, Roberto Oliveira, e uma estrela em ascensão, Júlia Bach. O Roberto faz um ginecologista e obstetra, em 1958. Júlia faz uma estudante do ensino médio, em 1976. O médico em seu sóbrio consultório. A garota num bar bem colorido e algo esfumaçado. Foi interessante notar essas duas trajetórias artísticas – Roberto e Júlia – separados por mais de uma geração, participando de BIO em igualdade de condições. Acho que esse foi um dos fatores que mais me motivou a escrever o roteiro. Não há um “grande protagonista”. Ou há, mas ele não é representado por ninguém. Todos os 39 personagens têm quase o mesmo tempo na tela, e cada um deles conta um pedacinho da história. Fico feliz em verificar como o Rio Grande do Sul já tem um cenário importante nas artes cênicas, fornecendo excelentes atores e atrizes para várias produções, que podem até acontecer ao mesmo tempo. Mais uma vez, o trabalho conjugado da arte, da fotografia, dos figurinos e da maquiagem mostrou que está bem afinado. Eles têm o desafio de representar a passagem de 110 anos durante o filme. E o que seria da produção cinematográfica sem a “pesada”? Na foto, vemos Tchaca (produtor de set) e Ligia (logger, e, nas horas vagas, stand-in e figurante) arrumando alguma coisa misteriosa no cenário. E vamos em frente!

Foto 4

 

 

 

 

 

foto 5 Foto 6

Comentários: